Prefeitura de Mairiporã

Extensão
EM Mufarrege Salomão Chamma

Vestibulinho 2010 Mairiporã

Curso Técnico em Administração Código 06013 - 6
Curso Técnico em Segurança do Trabalho Código 12073 - 1


CALENDÁRIO

Novembro/09
- De 05/11 até as 21h do dia 19/11/09 – Inscrições das 14:00 as 21:00 horas.
Dezembro/09
- A partir de 07/12/09 - Divulgação dos locais de Exame
- 13/12/09, às 13h30min - Exame
- 15/12/09, a partir das 18h - Divulgação do gabarito oficial
Janeiro/10
- A partir de 14/01/10 - Divulgação da lista de classificação geral
- 18 e 19/01/10 - Divulgação da 1ª lista de convocação e matrícula
- 20 e 21/01/10 - Divulgação da 2ª lista de convocação e matrícula
- 22/01/10 - Divulgação da 3ª lista de convocação e matrícula
- 26/01/10 - Divulgação da 4ª lista de convocação e matrícula
- 27/01/10 - Divulgação da 5ª lista de convocação e matrícula

 

INSCRIÇÕES
Para se inscrever no presente Processo Seletivo Vestibulinho, o candidato deverá observar as seguintes ETAPAS E PERÍODOS:


1ª etapa - preenchimento da Ficha de Inscrição
Período: de 05 de Novembro até o dia 19 de Novembro de 2009
Local: Prefeitura Municipal de Mairiporã.
2ª etapa - pagamento da taxa de inscrição
Período: de 03 de Novembro até o dia 19 de Novembro de 2009
Local: rede bancária
Horário: expediente bancário
Valor: R$ 20,00 (vinte reais), Boleto bancário fornecido pela escola.

Instruções para preenchimento da Ficha de Inscrição


O preenchimento da Ficha de Inscrição é de responsabilidade exclusiva do candidato ou de seu representante legal (pai, mãe, curador ou tutor), quando menor de 16 (dezesseis) anos. Desta forma, para realizar a inscrição o candidato deverá cumprir todas as etapas da Ficha de inscrições conforme procedimentos a seguir:
1 - ler atentamente as instruções constantes do Manual do Candidato;
2 - fornecer os seus dados pessoais;
3 - responder ao item referente ao Sistema de Pontuação Acrescida (“afrodescendência” e “escolaridade pública”);
4 - indicar a Etec / Extensão de Etec, o curso e o período em que pretende estudar;
5 - conferir todos os dados fornecidos na Ficha de Inscrição, ler atentamente o “requerimento de inscrição” e confirmar as informações;
6 – Efetuar o pagamento da taxa, boleto bancário.
Observação
Para o candidato menor de 16 (dezesseis) anos, no momento do preenchimento da Ficha de Inscrição, será obrigatória a indicação do nome e número do CPF de seu representante legal (pai, mãe, curador ou tutor).

Instruções para o pagamento da taxa de inscrição


A taxa de inscrição deverá ser paga em dinheiro, na agência bancária de sua preferência, no horário de expediente, mediante a apresentação do boleto fornecido pela escola.
A inscrição somente será efetivada após o pagamento do boleto e posterior confirmação da quitação pela rede bancária.
A taxa de inscrição terá validade para o presente Processo Seletivo Vestibulinho e, uma vez paga, não será devolvida, exceto no caso de não haver implantação do curso por falta de demanda.
Atenção:
Não serão aceitos, em hipótese alguma, como comprovantes de pagamento da taxa de inscrição:
- demonstrativo de agendamento de pagamento de título de cobrança;
- comprovante de pagamento de conta por envelope;
- transferência eletrônica;
- DOC e DOC eletrônico;
- ordem de pagamento ou depósito comum em conta corrente.

O candidato deverá levar no dia do Exame:


1. caneta esferográfica de tinta preta ou azul, lápis preto nº 2, borracha e régua.
2. ORIGINAL de UM dos seguintes documentos de identidade:
- documento de identidade expedido pelas Secretarias de Segurança Pública (RG), pelas Forças Armadas ou pela Polícia Militar;
- cédula de identidade de estrangeiros (RNE);
- carteira nacional de habilitação com foto (CNH - modelo novo);
- documento expedido por Ordens ou Conselhos Profissionais que, por lei federal, valem como documento de identidade em todo o país (exemplo: OAB, COREN, CREA e outros);
- carteira de trabalho e previdência social (CTPS);
- passaporte brasileiro.


Observações importantes sobre o Exame


1. A confirmação do local onde realizará o Exame será de inteira responsabilidade do candidato.
2. O candidato deverá, obrigatoriamente, realizar o Exame no local determinado pela Etec / Extensão de Etec.
3. O documento de identidade que o candidato apresentar no dia do Exame deverá estar em boas condições de visibilidade, de modo a possibilitar a conferência da foto, da assinatura e dos demais dados. Caso o documento esteja com foto antiga e/ou com a indicação de “não alfabetizado”, este deverá ser substituído, sendo necessário, para tanto, providenciar a 2ª (segunda) via do mesmo, antes da data do Exame.
4. NÃO SERÃO ACEITOS, em hipótese alguma, como “documentos de identidade” os documentos indicados na seqüência, por serem destinados a outros fins: carteira ou caderneta escolar (RG escolar - UMES - UBES), certidão de nascimento e/ou de casamento, título de eleitor, carteira de habilitação sem foto (modelo antigo), Carteira de Reservista com ou sem foto, crachás e identidade funcional de instituição pública ou privada.
5. Também não serão aceitos protocolos e/ou cópias reprográficas (xerox), autenticadas ou não-autenticadas, dos documentos de identidade. SOMENTE SERÁ ACEITA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTO DE IDENTIDADE ORIGINAL.
6. Em caso de perda, roubo ou extravio de “documento de identidade”, o candidato deverá levar e apresentar, obrigatoriamente, a via original e uma cópia do Boletim de Ocorrência Policial, datado de no máximo 6 (seis) meses antes do dia do Exame, justificando o fato ocorrido, bem como uma foto 3x4 recente. Tanto a cópia do Boletim de Ocorrência Policial, quanto a foto 3x4 recente, serão retidas pelo Coordenador de Prédio após a identificação datiloscópica do candidato. Neste caso, o candidato que não apresentar, no momento do Exame, o Boletim de Ocorrência Policial e a foto 3x4 recente, será impedido de realizar a prova.
7. O portão da escola será aberto às 12h45min e fechado às 13h30min, impreterivelmente. Após o fechamento do portão, não será permitida a entrada de nenhum candidato. Por esse motivo, o candidato deverá chegar com antecedência, para localizar sua sala e sua carteira, evitando-se, assim, possíveis imprevistos.
8. Após o início do Exame, o candidato deverá permanecer no mínimo até as 15h30min dentro da sala do Exame, podendo, ao deixar este local, levar consigo o caderno de questões.
9. Enquanto o candidato estiver realizando o Exame, é terminantemente proibido utilizar calculadora, computador, telefone celular, radiocomunicador ou aparelho eletrônico similar, chapéu, boné, lenço, gorro, óculos escuros, corretivo líquido ou quaisquer outros materiais (papéis) estranhos à prova.
10. Durante todo o período de realização do Exame, É PROIBIDA a permanência de pessoas estranhas e/ou acompanhantes de candidatos dentro do prédio e nos pátios.
11. Caso o candidato se encontre internado em hospital localizado no município onde realizará o Exame, será designado Fiscal para a aplicação da prova, desde que autorizada pelo médico e pela administração hospitalar.
Para tanto, é necessário contatar a coordenação do Vestibulinho na Etec / Extensão de Etec em que pretende estudar, até as 17 horas do dia 10 de Dezembro de 2009. Não será aplicada prova a candidato em residência, nem em pronto-socorro, nem em ambulatório, nem em hospital situado fora do município em que se localiza a Etec / Extensão de Etec em que pretende estudar.
12. O desrespeito às normas que regem o presente Processo Seletivo Vestibulinho, bem como a desobediência às exigências registradas no Manual, além de sanções legais cabíveis, implicam na desclassificação do candidato.


Será desclassificado do presente Processo Seletivo Vestibulinho o candidato que:


- não comparecer ao Exame na data determinada;
- chegar após o horário determinado de fechamento dos portões, às 13h30min;
- não apresentar um dos documentos de identidade originais exigidos;
- sair da sala sem autorização do Fiscal, com ou sem o caderno de questões e/ou a Folha de Respostas Definitiva;
- utilizar-se de qualquer tipo de equipamento eletrônico e/ou de livros e apontamentos durante a prova;
- comunicar-se com outro candidato durante a prova;
- ausentar-se do prédio durante a realização da prova, independente do motivo exposto;
- realizar a prova fora do local determinado pela Etec / Extensão de Etec;
- zerar na prova-teste.


SISTEMA DE PONTUAÇÃO ACRESCIDA


(Instituído pelo Decreto Estadual nº 49.602/05 e nos termos da Deliberação CEETEPS nº 08/07)
O Sistema de Pontuação Acrescida implica no acréscimo de pontos à nota final obtida em exame seletivo, ao candidato que declare ser afrodescendente e/ou demonstre ter cursado integralmente da 5ª a 8ª série ou do 6º ao 9º ano do ensino fundamental em instituições públicas.
Poderão ser acrescidos os seguintes percentuais à nota final do candidato:
I - três por cento (3%) para o candidato que se declarar afrodescendente.
II - dez por cento (10%) para o candidato que declarar ter cursado integralmente da 5ª a 8ª série ou do 6º ao 9º ano do ensino fundamental em instituições públicas, devendo, no ato da matrícula, apresentar o(s) documento(s) comprobatório(s) demonstrando esta escolaridade.
III - treze por cento (13%) para o candidato que atender cumulativamente os itens I e II - “afrodecendência” e “escolaridade pública”.
AFRODESCENDÊNCIA
Conforme Artigo 5º do Decreto Estadual nº 49.602/05, “Compreendem-se como afrodescendentes os pretos e os pardos, assim definidos, quando necessário, por autodeclaração”.
ESCOLARIDADE PÚBLICA
O candidato obrigatoriamente deverá ter cursado a 5ª, a 6ª, a 7ª e a 8ª série ou o 6º, o 7º, o 8º e o 9º ano do ensino fundamental, em instituições públicas, e, no ato da matrícula, apresentar o(s) documento(s) comprobatório(s) demonstrando esta escolaridade.
INSTITUIÇÕES PÚBLICAS
Instituições públicas são as criadas e mantidas pelo poder público federal, estadual, municipal ou pelo Distrito Federal. A gratuidade do ensino não indica, necessariamente, que a escola seja pública. Escolas vinculadas a fundações,
cooperativas, Sistema S (SESI, SENAI, SESC, SENAC) etc., embora gratuitas, são consideradas particulares em função de sua dependência administrativa junto ao setor privado.

Inscrição de portador de necessidades especiais


O candidato com deficiência, que necessite de condições educacionais especiais para realizar o Exame, deverá indicar na Ficha de Inscrição e, também, encaminhar o laudo médico, emitido por especialista, descrevendo o tipo e o grau da necessidade, bem como as condições necessárias para realizar a prova, na ETEC, impreterivelmente até o dia 16 de Novembro de 2009. Juntamente com o laudo médico, deverá ser informado o nome e o número de RG do candidato, e a Etec / Extensão de Etec para a qual se inscreveu.
Atenção:
A ausência das informações necessárias no momento da inscrição, bem como do encaminhamento, do laudo emitido por especialista, implicará na aceitação pelo candidato de realizar o Exame em condições idênticas às dos demais candidatos.

Documentos para matrícula

INSCRITOS NO ENSINO TÉCNICO - Para efetivar a matrícula, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos:
1. requerimento de matrícula (fornecido pela Etec / Extensão de Etec no dia). Caso o candidato seja menor de 16 (dezesseis) anos, no momento da matrícula, deverá estar assistido por seu representante legal (pai, mãe, curador ou tutor), o qual assinará o requerimento de matrícula;
2. carteira de identidade (RG), uma fotocópia simples com apresentação do original;
3a. para os candidatos que concluíram ou estão estudando o ensino médio regular - histórico escolar com certificado de conclusão do ensino médio, uma fotocópia simples com apresentação do original OU declaração de conclusão do ensino médio, firmada pela direção da escola de origem, contendo a data em que o certificado e o histórico serão emitidos, documento original OU declaração que está matriculado a partir da 2ª série do ensino médio, documento original;
3b. para os candidatos que concluíram ou estão estudando o ensino de Educação de Jovens e Adultos - EJA ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA - histórico escolar, com certificado de conclusão do ensino médio, uma fotocópia simples com apresentação do original OU declaração de conclusão do ensino médio, firmada pela direção da escola de origem, contendo a data em que o certificado e o histórico serão emitidos, documento original OU declaração que está matriculado, a partir do 2º semestre da EJA, documento original OU 2 (dois) certificados de aprovação em áreas de estudos da EJA, uma fotocópia simples com apresentação do original OU boletim de aprovação do ENCCEJA enviado pelo MEC, uma fotocópia simples com apresentação do original OU certificado de aprovação do ENCCEJA em 2 (duas) áreas de estudos avaliadas, emitido e enviado pelo MEC, uma fotocópia simples com apresentação do original;
4. 2 (duas) fotos 3x4 recentes e iguais;

Observação: Os naturalizados brasileiros que estudaram em escola pública, no país de origem, deverão apresentar, ainda, comprovante do respectivo consulado atestando a autenticidade da informação do documento apresentado.

Observações importantes sobre a matrícula


1. O candidato deverá providenciar, com antecedência, a documentação necessária para a efetivação de sua matrícula, pois a secretaria da Etec / Extensão de Etec não efetuará, em hipótese alguma, a matrícula do candidato convocado cuja documentação esteja incompleta, colocando a respectiva vaga à disposição dos próximos classificados.
2. Se impossibilitado de comparecer para realizar a matrícula, o candidato poderá indicar um representante, portando uma procuração simples, juntamente com os documentos exigidos. Nesse caso, a Etec / Extensão de Etec não se responsabilizará, todavia, por eventuais erros cometidos no preenchimento do requerimento de matrícula.
3. As fotocópias simples dos documentos exigidos para a matrícula deverão estar legíveis e acompanhadas dos respectivos originais, para conferência e validação.
4. Não serão aceitos históricos e/ou certificados de nível superior, tampouco carteiras de órgãos de registro de categoria (COREN, CREA etc.) para comprovação da conclusão do ensino médio.
5. Não serão aceitos, em nenhuma hipótese, documentos por via postal, e-mail, fax ou fora do prazo.
6. O candidato que tenha realizado estudos equivalentes ao ensino fundamental e/ou médio, no todo ou em parte, no exterior, deverá apresentar parecer de equivalência de estudos emitido pela Secretaria Estadual de Educação.
7. Os documentos em língua estrangeira deverão estar visados pela autoridade consular brasileira no país de origem e acompanhados da respectiva tradução oficial.
8. Os alunos do ensino médio das Etecs / Extensão de Etecs do Centro Paula Souza não terão vagas garantidas para o ensino técnico.
9. É expressamente vedada a permuta de vagas entre candidatos classificados no presente Processo Seletivo Vestibulinho.
10. O diretor da Etec é o responsável pelas matrículas.
11. Não haverá, em hipótese alguma, matrícula condicional, conforme o Regimento Comum das Escolas Técnicas Estaduais.
12. Os resultados do Processo Seletivo Vestibulinho serão válidos apenas para o semestre letivo a que se refere, sendo necessária a guarda dos documentos dos candidatos pelo prazo de 120 (cento e vinte) dias, a contar da data do exame.

PRÉ-REQUISITOS PARA INGRESSO NOS CURSOS OFERECIDOS

ENSINO TÉCNICO
Para ingressar em um dos cursos de ensino técnico (presencial ou semipresencial), o candidato deverá:
- Para candidato que concluiu ou está cursando o ensino médio regular:
Possuir certificado de conclusão do ensino médio ou declaração que está matriculado na 2ª ou 3ª série do ensino médio.
- Para candidato que concluiu ou está cursando o ensino de Educação de Jovens e Adultos - EJA ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA:
Possuir certificado de conclusão do ensino médio ou declaração que está matriculado, a partir do 2º semestre da EJA ou 2 (dois) certificados de aprovação em áreas de estudos da EJA ou boletim de aprovação do ENCCEJA emitido e enviado pelo MEC ou certificado de aprovação do ENCCEJA em 2 (duas) áreas de estudos avaliadas.

ENSINO TÉCNICO


O objetivo do ensino técnico é proporcionar habilitação profissional.
Os cursos técnicos estão organizados em módulos. Cada curso é composto por 2 (dois), por 3 (três) ou por 4 (quatro) módulos. Cada módulo terá a duração de um semestre.
Os módulos cursados darão ao aluno, em sua maioria, uma qualificação profissional com direito a um certificado parcial.
O conjunto de certificados dos módulos cursados que formam um curso técnico darão direito ao diploma de técnico, desde que o aluno já tenha concluído o ensino médio.
Observação
O candidato poderá obter informações complementares sobre certificação consultando o site
www.centropaulasouza.sp.gov.br, no link “etecs”, na opção “cursos”.
O currículo é composto pelos componentes curriculares considerados necessários à formação profissional, dedicados à formação técnica. Contempla outros componentes importantes para o exercício profissional do técnico, tais como: Cidadania Organizacional, Tecnologia e Meio Ambiente, Linguagens, Trabalho e Tecnologia, Gestão e Qualidade, Banco de Dados ou Informática e trabalho de conclusão de curso.

PROVA


A prova será constituída por 30 (trinta) questões-teste, cada uma com 5 (cinco) alternativas (A, B, C, D e E), relacionadas às diferentes áreas do saber (científico, artístico e literário), à comunicação e à expressão, em diversos tipos de linguagem, abrangendo conhecimentos comuns do ensino fundamental, de 5ª a 8ª série ou do 6º ao 9º ano .
As questões são elaboradas por uma equipe interdisciplinar e dizem respeito a um determinado tema - ligado a situações do cotidiano, envolvendo problemáticas sociais, culturais, científicas e tecnológicas - apresentado em um texto-matriz e em vários textos complementares.
As questões demandam as seguintes competências e habilidades do candidato:
C1 - aplicar conhecimentos desenvolvidos no ensino fundamental para a compreensão da realidade e para a resolução de problemas;
C2 - analisar criticamente argumentos apresentados nas questões;
C3 - avaliar ações e resoluções de acordo com critérios estabelecidos;
C4 - reconhecer e relacionar diferentes formas de linguagens, abordagens e técnicas de comunicação e expressão;
C5 - interpretar crônicas, poesias, charges, tabelas, gráficos, mapas, imagens e outras formas de representação.
A leitura atenta dos textos, dos enunciados e das alternativas das questões e a capacidade de relacionar os problemas propostos com as experiências do cotidiano são fundamentais para o bom desempenho do candidato.

CLASSIFICAÇÃO


A lista de classificação geral será divulgada a partir do dia 14 de Janeiro de 2010, na Etec / Extensão de Etec em que o candidato pretende estudar.
A lista de classificação geral é composta por todos os candidatos inscritos na Etec / Extensão de Etec para o mesmo curso e período, em ordem decrescente de notas finais.
A nota final de classificação será obtida pelo total de questões acertadas. Cada questão possui o valor de 1 (um) ponto.
Para o candidato que utilizar o Sistema de Pontuação Acrescida, sua nota final será obtida pela seguinte fórmula:
NF = N (1 + A + P)
Em que:
NF = nota final
N = total de pontos da prova
A (valor 3%) = para o candidato que se declarar afrodescendente
P (valor 10%) = para o candidato que declarar ter cursado integralmente da 5ª a 8ª série ou do 6º ao 9º ano do ensino fundamental em instituições públicas


CRITÉRIOS PARA DESEMPATE


Ocorrendo empate, terá preferência o candidato que atender às condições abaixo relacionadas, que se constituem nos critérios adotados para desempate, em ordem de preferência pelo maior número de acertos das competências e habilidades exigidas na prova:
1. C1 - aplicar conhecimentos desenvolvidos no ensino fundamental para compreensão da realidade e para resolução de problemas;
2. C2 - analisar criticamente argumentos apresentados nas questões;
3. C3 - avaliar ações e resoluções de acordo com critérios estabelecidos;
4. C4 - reconhecer e relacionar diferentes formas de linguagens, abordagens e técnicas de comunicação e expressão;
5. C5 - interpretar crônicas, poesias, charges, tabelas, gráficos, mapas e outras formas de representação e/ou imagens;
6. tiver maior idade;
7. por sorteio.
Atenção:
- É de inteira responsabilidade do candidato ou de seu representante legal, a verificação da lista de classificação geral.
- Não serão fornecidas informações a respeito da lista de classificação geral por telefone, carta, e-mail ou fax.
- Caso o número de candidatos seja insuficiente para o preenchimento das vagas oferecidas, o curso não será implantado.
- Não haverá, em hipótese alguma, revisão, nem vistas de prova.

 

MODELO DE DECLARAÇÃO ESCOLAR


DECLARAÇÃO ESCOLAR (em papel timbrado da escola)
Declaramos, para os devidos fins, que (nome do aluno), portador(a) do RG nº ____________,
cursou o ensino fundamental em instituição pública, respectivamente a(s) seguinte(s) série(s):
- 5ª série/6º ano - (nome da escola) – (município) – (estado)
- 6ª série/7º ano - (nome da escola) – (município) – (estado)
- 7ª série/8ª ano - (nome da escola) – (município) – (estado)
- 8ª série/9º ano - (nome da escola) – (município) – (estado)
________________ ______________________________________
local e data assinatura e carimbo do responsável na escola


ADMINISTRAÇÃO Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios


O TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO é o profissional que empreende, analisa, interpreta e correlaciona, de forma sistêmica, os cenários sociais, políticos, econômicos e sustentáveis, respeitando tipos de mercado, as tendências culturais, os nichos e as possibilidades de integração das economias contemporâneas. Executa as funções de apoio administrativo: protocolo e arquivo, confecção e expedição de documentos administrativos e controle de estoque. Opera sistemas de informações gerenciais de pessoal e material. Utiliza ferramentas da informática básica, como suporte às operações organizacionais.
Mercado de trabalho: Instituições públicas, privadas e do terceiro setor.

SEGURANÇA DO TRABALHO Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança


O TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO é o profissional que atua em ações prevencionistas nos processos produtivos com auxílio de métodos e técnicas de identificação, avaliação e medidas de controle de riscos ambientais, de acordo com a Legislação Brasileira, Normas Regulamentadoras e princípios de Higiene, Saúde e Segurança do trabalho. Desenvolve ações educativas na área de saúde e segurança do trabalho.
Orienta o uso de EPI e EPC. Coleta e organiza informações de saúde e de segurança no trabalho. Avalia e executa diversos programas de prevenção em SST, inclusive PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais). Investiga, analisa acidentes e recomenda medidas de prevenção e controle.
Mercado de trabalho: Instituições públicas e privadas, representantes e fabricantes de equipamentos de segurança.


DICAS PARA UM BOM EXAME


Todos os semestres alguns candidatos são prejudicados por não levarem em consideração as seguintes recomendações:
1. Visite o local do Exame, com pelo menos 24 horas de antecedência.
2. Não corra o risco de chegar atrasado no Exame. Antecipadamente, separe todo o material requisitado e o documento de identidade, evitando correrias de última hora. Em hipótese alguma, será permitido o ingresso de retardatários.
3. No dia do Exame:
- tenha, no mínimo, 8 horas de sono durante a noite;
- evite mudanças no padrão alimentar, ingerindo somente alimentos de boa procedência. O café da manhã deverá ser reforçado, porém nunca indigesto. Um estômago pesado atrapalha o raciocínio e aumenta a tensão;
- não pratique qualquer atividade física intensa ou esportes sujeitos a contusão ou a fratura;
- não tome, por conta própria (automedicação) substâncias para diminuir a ansiedade ou, ainda, substâncias para tirar o sono, como quantidades excessivas de café ou pó de guaraná;
- não consuma, em hipótese alguma, bebidas alcoólicas.
4. No momento do Exame, ao receber a prova, leia as questões com calma e atenção. Caso se depare com alguma dificuldade, passe para outra questão que você saiba responder. Assim você recupera a tranqüilidade e aumenta a confiança para resolver o resto da prova.


DESEJAMOS A TODOS OS CANDIDATOS UMA EXCELENTE PROVA!